Posts Tagged 'meus pensamentos'

Annum Faustum

changes1

olá!

então, mais um ano terminando, outro chegando e assim segue a vida.

é muito comum fazermos o balanço anual e tentar mensurar as nossas atitudes, nossos aprendizados, enfim, tudo que fez parte do ano que se passou. eu felizmente posso dizer que foi um ano díficil, mas de muitas conquistas e aprendizados, e no fim das contas, resultados totalmente positivos e satisfatórios. terminei a faculdade, fiz novos amigos, me apaixonei, aprendi muita coisa, abri minha mente pra outras possibilidades e tudo que foi agregado neste ano, com certeza fará uma enorme diferença no ano que está por vim, tem tudo pra ser um ano espetacular, muitas mudanças devem ocorrer, e isso é muito bom.

penso que o poema a seguir combine exatamente com esse momento:

Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, repetindo todos os dias os mesmos trajectos, quem não muda de marca, não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece.
Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru.
Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o negro sobre o branco e os pontos sobre os “is” em detrimento de um redemoinho de emoções, justamente as que resgatam o brilho dos olhos, sorrisos dos bocejos, corações aos tropeços e sentimentos.
Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não se permite pelo menos uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.
Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo.
Morre lentamente quem destrói o seu amor-próprio, quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente, quem passa os dias queixando-se da sua má sorte ou da chuva incessante.
Morre lentamente, quem abandona um projecto antes de iniciá-lo, não pergunta sobre um assunto que desconhece ou não responde quando lhe indagam sobre algo que sabe.
Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior que o simples facto de respirar. Somente a perseverança fará com que conquistemos um estágio esplêndido de felicidade.

(Pablo Neruda)

Feliz ano novo!

flores…


Hoje me deparei com uma situação inevitável na vida de qualquer um: a morte. Mais uma vez participei do ritual do velório, sepultamento, toda aquela tristeza e aquele aglomerado de sentimentos que surgem mediante esta situação. Foi o enterro da minha avó que restava, mãe do meu pai. Felizmente existe uma parte dessa história que é reconfortante, mas a saudade que já existe é insuperável.
Num certo momento me veio uma coisa a cabeça sobre as flores, nunca dei flores para a minha avó enquanto viva, hoje, logo hoje, fiz isso. Algo não está certo comigo, e provavelmente com muita gente nesse pedaço de terra, penso que é uma boa hora para rever a forma como tenho demonstrado o quanto gosto de algumas pessoas, as flores murcham rápido, mas o tempo é mais rápido ainda…

i be back


Depois de muitos meses sem postar nada, eis que o filho pródigo retorna.
acabei minha faculdade com chave de outro, 10 no tcc, bons aprendizados, ótimos amigos conquistados, agora é hora de colocar em prática os planos A, B e C… aprender algumas coisas que já estavam em vista há tempos e decidir o que farei da minha vida no ano que está por vir, muitas dúvidas e incertezas na cabeça, mas a certeza de que nenhuma boa ação passa despercebida, então o futuro promete, e muito.
see ya!

ahmm ?

caras, ultimamente tenho pensado muito na vida, no que eu ando fazendo, deixando de fazer e os por quês disso tudo. quer saber de uma coisa? cada vez mais eu acho que tô ficando pirado.
é estranho, cheguei na conclusão que não tem nenhum sentido na minha vida.
tenho uma vida legalzinha, carro, uns trocados no bolso, um trabalho, família, mas nada disso me traz a tal felicidade, só me deixa mais inconformado com a minha simples vidinha. as vezes eu acho que sou ambicioso demais, sempre tive no meu pensamento a idéia de fazer algo grande, importante, que me transporte pra outros horizontes, e esse pensamento persiste na minha cabeça constantemente, me tortura por não saber o que fazer, como fazer e e quando. eu sei que tem gente que daria tudo por ter o que eu tenho e me acho um lixo por não levar isso em consideração na maioria das vezes, ainda mais quando tenho idéias grandes, mas ruins, as vezes parece que eu nasci para o mal. será?
não sei, mas no proxímo ano pretendo responder algumas dessas questões, vou ter que largar mão de muita coisa até chegar em alguma resposta, mas já aprendi que você tem que compensar as coisas, não dá pra ter tudo, mas eu quero mais.

tchãram!!!


lembram que nesse post aqui eu falava sobre a expressão “fuck kiwi” e eu não sabia o que o maldito neo zelandês queria dizer?

então, por acaso eu estava pesquisando informações para migrar para outro país, no caso a Nova Zelândia e acabei encontrando no tópico de curiosidades que as pessoas naturais da Nova Zelândia são apelidados de kiwi. Que coisa hein? Acredito que o cara estava se achando “o cara” falando tal expressão, ou será que ele queria que alguém comesse o kiwi?

sai fora jacaré! O.o

money to burn

é… parece que só foi gasto dinheiro a toa com o tal do referendo, a situação continua a mesma (ainda bem). a idéia do desarmamento é interessante, mas na atual situação da segurança pública e corrupção da mesma é sem chance.
de qualquer forma foram gastos em torno de R$200.000.000,00 pra fazer o tal do referendo e estão querendo fazer mais, sobre aborto, idade penal mínima (essa eu acho interessante) e prisão perpétua, lá se vai mais um troco dos cofres públicos.
será que gasta isso tudo? deve ter nego embolçando um por fora ( a é? no brasil nem acontece isso), ou será que fizeram isso pra desviar a atenção das CPIs da vida? eu não ouvi falar mais nada…

e como diz o daza:

“É bomba!
A casa que não se mora fica do lado de fora
E toda hora tem gente que quer comer
Antes da democracia adivinhar tem que ter
Arroz com feijão e casa pra morar
Não!
Jereré não é Jurerê
Jogue fora essa idéia de achar
Que sem você haverá mudança
Tribo banguela não combina com cacique sorridente
É tanta gente rica, mas é tanto indigente
Sobrando incruzilhada, o que não falta é inspiração
Esse é o país da sacanagem, é o país da putaria
Pra vender cerveja é a felicidade
Vendendo sexo a qualquer idade…”

sinaleira lá vou eu…

recebi esse texto num e-mail de um amigo, e achei deveras interessante, dá uma olhada aí:

Um sinal de trânsito muda de estado em média a cada 30 segundos(trinta segundos no vermelho e trinta no verde).
Então, a cada minuto um mendigo tem 30 segundos para faturar pelo menos R$0,10, o que numa hora dará: 60 x 0,10 R$6,00.

Se ele trabalhar 8 horas por dia, 25 dias por mês, num mês terá faturado: 25x 8 x 6 = R$ 1.200,00. Será que isso é uma conta maluca?
Bom, 6 Reais por hora é uma conta bastante razoável para quem está no sinal, uma vez que, quem doa nunca dá somente 10 centavos e sim 20, 50 e às vezes até 1 Real.
Mas, tudo bem, se ele faturar a metade: 3 Reais por hora terá R$600,00 no final do mês, que é o salário de um estagiário com carga de 35 horas semanais ou 7 horas por dia.
Ainda assim, quando ele consegue uma moeda de R$1,00 (o que não é raro), ele
pode descansar tranqüilo debaixo de uma árvore por mais 9 viradas do sinalde trânsito, sem nenhum chefe pra encher por causa disto.
Mas isto é teoria, vamos ao mundo real.
De posse destes dados fui entrevistar uma mulher que pede esmolas, e que sempre vejo trocar seus rendimentos na Panetiere (padaria em frente ao CEFET).
Então lhe perguntei quanto ela faturava por dia. Imaginem o que ela respondeu?
É isso mesmo, de 35 a 40 reais em média o que dá (25 dias por mês) x 35 =875 ou 25 x 40 = 1000, então na média R$ 937,50 e ela disse que não mendiga 8 horas por dia.
Moral da História: É melhor ser mendigo do que estagiário, e pelo visto, ser
estagiário é pior que ser Mendigo… Se esforce como mendigo e ganhe mais do que um estagiário.
Estude a vida toda e peça esmolas; é mais fácil e melhor que arrumar emprego.
Lembre-se: o presidente não estudou, não trabalhou, não sabe o próprio nome, mas tem 3 fontes de renda e ainda esnoba a nação inteira com palácios, aviões, viagens internacionais, carros importados, bebidas caríssimas… etc, etc, etc…
Mendigo não paga 1/3 do que ganha pra sustentar isso.

Assinado, Estagiário Revoltado.

Interesssante hein ?